Devavani

Devavani é a voz divina que se propaga e fala através daquele que medita, o qual se torna um recipiente vazio, um canal. Essa meditação ativa é um Latihan da língua. Ela relaxa a mente consciente de maneira tão intensa que, quando é a ultima coisa feita à noite, com certeza será seguida por um sono profundo.

A meditação possui quatro etapas de 15 minutos cada.
Mantenha os olhos fechados o tempo todo.

Primeira etapa: 15 minutos
Permaneça sentado em silêncio, de preferência ouvindo uma música suave.

Segunda etapa: 15 minutos
Comece a produzir sons a esmo, como por exemplo, “La, La, La”, e continue até surgirem sons semelhantes a palavras. Esses sons precisam vir da parte pouco explorada do cérebro, usada por você quando era criança, antes de aprender a falar. Mantenha uma entoação coloquial suave; não chore nem grite, não ria nem se lamente.

Terceira etapa: 15 minutos
Levante-se e continue falando, deixando que seu corpo se mova à vontade, suavemente, em harmonia com os sons. Se mantiver o corpo relaxado, as energias sutis criarão um Latihan além do seu controle.

Quarta etapa: 15 minutos
Deite-se e permaneça em silêncio e imóvel.
Toda a noite, antes de dormir, você pode praticar um pequeno exercício que será imensamente benéfico. Apague as luzes, sente-se na cama pronto pra dormir e permaneça sentado durante 15 minutos. Feche os olhos e então comece a produzir um som monótono qualquer, por mais absurdo que seja, como por exemplo, “La, La,La”, e espere que a mente lhe ofereça novos sons. A única restrição a lembrar é que esses sons ou palavras não devem ser de nenhum idioma conhecido. Se você falar português, alemão e italiano, então esses sons não devem ser do italiano, alemão ou português.

Qualquer outro idioma desconhecido é permitido – tibetano, chinês, japonês. Digamos que você fale japonês, então os sons desse idioma não são permitidos, mas no caso, os sons do italiano são maravilhosos. Será difícil apenas no primeiro dia, pois como poderá falar um idioma que não conhece? Contudo, isso é possível e, depois que você começar a pronunciar sons e palavras sem sentido, o consciente se desliga, permitindo que o inconsciente fale.

Quando o inconsciente fala, ele não conhece nenhum idioma.
Esse é um método muito antigo. Vem do Velho Testamento. Na época era chamado de glossolalia e algumas igrejas ainda o aplicam. Referem-se a ele como “falar em transe”.

Durante 15 minutos, use a língua que lhe ocorrer no momento, como um idioma. Esses 15 minutos relaxam seu consciente, depois basta deitar e dormir. Seu sono ficará mais intenso. Dentro de algumas semanas, você verá que o sono está bem mais profundo e, pela manhã, se sentirá totalmente revigorado.

É um método de meditação ativa maravilhoso, um dos que penetram mais fundo no inconsciente. Você começa com “La, La, La” e continua com o que lhe ocorrer.