Kundalini

(Meditação do anoitecer, quando o sol está se pondo)

A prática desta meditação traz um relaxamento muscular e mental muito forte, trazendo grande vivacidade ao seu corpo e corrigindo posturas. Traz, também, um fluxo grande de energia, despertando sua sensualidade, sua energia sexual, aumentando seu magnetismo, tornando-o mais sensível e atraente, aumentando seu desejo, seu tesão.

Instruções:
Esta é uma meditação muito querida, irmã da Meditação Dinâmica. Ela consiste em quatro etapas de 15 minutos cada. A Meditação Kundalini de Osho é acompanhada por música composta sob a orientação de Osho. A música serve para fornecer um suporte energético e sinalizar o começo de cada etapa da técnica de meditação.

Primeira etapa: 15 minutos
Relaxe e solte-se, então deixe o corpo inteiro tremer, sentindo as energias subindo a partir dos seus pés. Esqueça tudo e torne-se o próprio tremor. Tanto faz se os seus olhos estiverem abertos ou fechados. Sua cabeça sempre se movimenta como se dissesse sim. Solte os seus braços, os seus ombros, mantenha a boca levemente aberta e permita um pequeno som. Lembre-se, este som é apenas para soltar a sua boca. Não é uma catarse.

Segunda etapa: 15 minutos
Dance da maneira que quiser e deixe o corpo todo seguir no ritmo que desejar, permita movimentos novos. Saia do automático.

Terceira etapa: 15 minutos
Feche os olhos e fique imóvel, sentado ou em pé, testemunhando tudo que estiver acontecendo dentro e fora de você. Se sua mente interferir muito, use um pequeno truque, que é observar o movimento da sua respiração. Sinta o ar entrando, sinta-o saindo, observe que há intervalos entre o final da entrada de ar e a sua saída.

Quarta etapa: 15 minutos
Mantendo os olhos fechados, deite-se e permaneça imóvel

Dica: a prática da Kundalini traz sensualidade e magnetismo, experimente fazer uma sequencia de 21 dias desta meditação ativa e sinta os resultados no seu corpo.

Esta meditação ativa é praticada de segunda a sexta, às 19h, no Namastê.