Bioenergética quebrando os freios da tua vida!

Tempo de leitura: 6 minutos

Somos humanos, ridículos, limitados e usamos muito pouco da nossa energia corporal. Bioenergética é a energia da vida! E essa energia está represada no nosso corpo devido às tensões corporais que acumulamos ao passar dos anos. A maioria delas, desde a nossa infância. Quantas e quantas vezes, desde criança, tu ouviste: engole o choro! Raiva é feio! Sexo é proibido! Olha quanta energia tem uma criança. E o que acontece? Os adultos não aguentam, ficam incomodados. Querem que as crianças sejam educadas, bem comportadas, podadas, quietinhas. Desde muito cedo somos castrados na nossa energia. E isso vai se repetindo, ao longo de muitos anos, todos os dias, sumariamente. E na adolescência então? Quando os hormônios vem com tudo? Mais e mais repressão.

Ouro de tolo

Fazendo aqui um trocadilho com o que disse o Raul Seixas, na música ouro de tolo, temos muito mais energia disponível do que podemos imaginar. Por exemplo. Temos energia disponível para transar durante uma, duas, três e mais horas.  Mas a média de tempo de duração da transa, no geral, é de quinze minutos. Por que nós não conseguimos transar por mais tempo? Por que o nosso corpo está bloqueado. Nossa pélvis está cheia de tensões, assim como nosso diafragma, nosso peito, toda a região dos ombros e pescoço, o maxilar. Então, além das tensões na pélvis, na hora que tu tá transando a energia sexual quer começar a subir para o coração, seguindo o seu fluxo natural, mas ela acaba encontrando uma série de bloqueios. Aí ela desce, na forma de ejaculação. É difícil até mesmo imaginar a possibilidade de transar durante tanto tempo. Talvez tu nunca tenhas nem questionado isso, vislumbrado essa possibilidade. Mas ela existe. Olha a quantidade de tempo que tu investe trabalhando. No mínimo quarenta horas por semana! Quantas horas tu investe na sexualidade? No amor? Por que tu nem questiona isso?

Bioenergética para transar por mais tempo!

Escuto muitas histórias aqui no Namastê. Um cliente daqui está se trabalhando para aumentar o tempo de duração da transa. Mas ai a namorada começou a ficar desconfiada. Por que ele estava demorando tanto para gozar? Será que era por que ele não gostava mais dela? Ela começou a questionar ele. Pela lógica o momento da ejaculação é o fim do sexo. Então, ela deveria gostar por que significa que eles transariam por mais tempo, que ele quer ter mais tempo de contato amoroso com ela. Mas é isso. As pessoas não aguentam, por que seu corpo está cheio de tensões, medos, bloqueios.

Um número significativo de clientes que chegam aqui relatando que estão há meses e até anos sem transar. Sem sentir falta do sexo, sem sentir tesão. Ai tu vai ver a pessoa já não tem tesão em nada na vida dela. Muita energia vital bloqueada! Aqui no Namastê consideramos ejaculação precoce se a transa tem menos de trinta ou quarenta minutos. Sim por que isso é o mínimo do mínimo para se ter uma relação mais profunda. Esse tempo é só o início do que deveria ter uma relação sexual verdadeira. Isso sem contar os casos considerados ejaculação precoce antes mesmo da penetração. A falta de ereção também são consequências do excesso tensões acumuladas na pélvis. A falta de orgasmo feminino também é uma consequência dessas tensões.

Em alguns meses fazendo terapia bioenergética as pessoas voltam a sentir seu corpo, voltam a transar. E o sexo é profundamente condenado pela sociedade, pela família, pelas religiões. Como disse Lennon, temos que nos esconder para fazer amor enquanto a violência é praticada em plena luz do dia! Algo está muito errado nisso. Nós carregamos uma carga absurda de tensões relacionadas à sexualidade. Então a bioenergética é uma terapia corporal que vai te ajudar a puxar essas tensões para fora, liberando teu corpo te fazendo sentir muito mais energia, tesão e  prazer. E o sexo é maior fonte de prazer e alegria que temos disponível.

As emoções reprimidas são o freio da tua vida!

As tensões que carregamos não estão relacionadas apenas à sexualidade. A maioria delas sim, por isso insistimos tanto nesse tema. Elas estão relacionadas também a outros segmentos da nossa vida. A pessoa que não consegue ganhar dinheiro, por exemplo. Precisa muito trabalhar as tensões que estão guardadas nas pernas. São aquelas que te impedem de andar com tuas próprias pernas, literalmente, ser independente financeiramente. Tem também as tensões guardadas no peito. Tu podes ser o ÀS do sexo, transar bastante e até transar durante bastante tempo. Mas tem dificuldade de se envolver emocionalmente, de se apaixonar, se entregar. É mais difícil. São as tensões que tu guarda no peito, medos, medo de amar, de ser abandonado, traído, de ficar na mão da outra pessoa. Todas essas tensões estão ai te impedindo de ser mais, muito mais. Muito mais do que tu consegue enxergar. E às vezes é isso! Não conseguimos enxergar muito além da nossa realidade. Os olhos também guardam uma série de tensões. Chamamos de couraças emocionais. Muitas vezes tu teve que distorcer tua visão, parar de enxergar determinadas coisas, por que era dolorido pra ti. Lembra da expressão “não enxerga um palmo à frente do nariz?” Quantas vezes na tua vida tu não enxergou alguma coisa que estava ali gritando na tua cara o tempo todo? Uma oportunidade, um amor, um problema, uma solução? Na terapia bioenergética trabalhamos para desmanchar essas couraças.

Lembro da primeira vez que fiz bioenergética, no Namastê. Eu estava em um relacionamento e não era mais a fim da pessoa. Já fazia um tempo que não tinha mais amor, sexo muito raramente e o cara não tinha nada a ver comigo. Eu me sentia completamente sugada por ele e pela família dele. Mas não conseguia terminar a história. Essa situação estava me enlouquecendo. Eu queria terminar, mas não conseguia. Então fui procurar a terapia e felizmente conheci a bio. Na minha primeira sessão senti muita tristeza e chorei muito por estar desperdiçando minha vida daquele jeito. A primeira coisa que eu me dei conta é que fazia muito tempo que eu não chorava. Eu tinha a crença de que isso era sinal de fraqueza. No fim essa dor me deu forças para terminar a história. Também percebi que é preciso ser muito forte para encarar nossas dores e que vale a pena. Indo mais fundo na terapia fui percebendo o grau absurdo de dependência emocional que eu tinha com as pessoas, em especial com os homens. Mesmo eu sendo militante, colocando toda uma banca de mulher independente e feminista. Isso era só uma fachada para encobrir todo o meu desespero emocional.  A bioenergética foi uma luz no meu caminho para o autoconhecimento. Quem já fez sabe, é um presente para o teu ser!

Bodhi Manindra

Terapeuta do Namastê

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *