Amor e Relacionamento

Transar e Sentir

Transar e Sentir

4 minutos por Dharini   Sexo: carne, pegada forte, bastante vem e vai, suar, suar, suar, de frente, de lado, de tudo que é jeito. Isso sempre foi sexo pra mim. Um prazer físico, misturado com fissura, e de vez em quando algumas taras, fantasias, e nada mais. Se eu tivesse chapada, então, melhor! Enquanto eu sentia a penetração, minha mente viajava, ia bem longe, longe do meu coração, longe da pessoa que eu estava transando, longe de tudo, e olha só, isso era Continue lendo

Medo de Sexo

Medo de Sexo

6 minutos Por Shuyam Sim, já tive e muito! Antes de começar a transar, meu medo de sexo já vinha de várias formas: medo do que era “aquilo”, medo de engravidar, do que falariam de mim, de sentir dor, de sentir vergonha, de não saber o que fazer e, principalmente, medo da minha mãe!!! A repressão não era coisa pouca… Depois de experimentar, sentia medo de nunca ter orgasmo, de engravidar, de pegar doença, de não agradar o outro e por aí a fora!!! Continue lendo

Quem tem medo do Amor Livre?

Quem tem medo do Amor Livre?

5 minutos Por Gyan Pavita Pra começar, sempre desconfiei dessa expressão. “Amor livre”… parece pleonasmo. Se não for livre, vai ser o quê? Amor preso? Amor limitado, amor escravo…? Decerto vai… e decerto é por isso que as pessoas tem tanto medo do tal “amor livre”, acostumadas que estão a serem limitadas, presas, escravas… Amor e liberdade são palavras grandes, que assustam… os dois vem sem manual de instrução, sem rede de segurança. Pra amar e pra ser livre é preciso confiança, justamente algo Continue lendo

Livre por fora, freira por dentro

Livre por fora, freira por dentro

6 minutos Por Ingrid Vanmalli Nós mulheres somos muito reprimidas sexualmente desde a infância, muito mais do que os homens. Não só nas coisas explicitamente sexuais, como as constantes ordens para manter a perna fechada, não usar saia curta, cuidar o jeito que se mexe, para onde e para quem olha, não parecer “oferecida” demais. Mas também no sentido de liberdade de ser mais espontânea, livre, selvagem. Os meninos são muito mais encorajados a fazer aventuras, brincar, correr, pular, não tem tantas convenções de Continue lendo

Conexão Humana

Conexão Humana

7 minutos Todos nós passamos por uma infância de privações. Por mais conscientes e evoluídos que tenham sido nossos pais, nesse nosso mundo neurótico não há adultos completamente equipados para conectar totalmente com seus filhos e assim prover todas suas necessidades. Ainda que tenhamos grandes teorias sobre como criar nossos filhos, cada ser humano recém-chegado vem com sua própria gama de especialidades, necessidades, potencialidades e fragilidades. A “receita” que se aplica a uma criança pode não ter sucesso com outra, até porque crianças não Continue lendo

Amor

Amor

3 minutos O amor é o que nos torna humanos. Talvez você pense que você é humano pelo pensamentos, pela cabeça, pelas idéias articuladas. Ora, Adolf Hitler, o maior cafajeste da história, pensava e raciocinava. Você o considera humano? Goebbels e todos os outros canalhas incinerando pessoas, são humanos? Stalin, mandando milhares de pessoas congelarem na Sibéria, é humano? Os outros exemplos você sabe! Todos eles pensavam e raciocinavam bem. Que eu saiba nenhum deles era analfabeto. Logo, essa premissa de que a capacidade de pensar é que nos torna humanos está equivocada. A capacidade de amar é o que nos torna humanos! Amar a Continue lendo